Afetividade na Educação Infantil

Afetividade na Educação Infantil

O que éAfetividade na Educação InfantilAfetividade:

Afetividade é um termo que deriva da palavra afetivo e afeto. Designa a qualidade que abrange todos os fenômenos afetivos.

Afetividade é uma palavra usada para designar o que vem a ser a relação de amor, e carinho ou cuidado que se tem com alguém íntimo ou querido. É uma situação psicológica que permite as pessoas demonstrar os seus sentimentos e emoções a outro ser ou objetos.

E como a escola esta ligada a afetividade ?

Afetividade na Educação Infantil

A escola está diretamente relacionada dentro desse contexto, pois aprendizagem está intimamente ligada à afetividade, pois, sem afetividade, não há motivação para melhor desempenho do conhecimento.

A escola, como primeiro agente socializador na vida da criança, fora do núcleo familiar, é, indiscutivelmente a base da aprendizagem, portanto deve oferecer todas as condições para que o aluno se desenvolva em um ambiente saudável, estimulador, propiciando relações interpessoais positivas, que consequentemente facilitarão a inserção social, viabilizando o sucesso dos processos educativos.

Neste contexto, a afetividade contribui para desenvolver os sentimentos de segurança, conforto, amor e prazer, sendo o fio condutor que gera na criança, o desejo de aprender.

O que a afetividade contribui na vida escolar da criança?

Afetividade na Educação Infantil

Na educação infantil a afetividade contribui para o desenvolvimento cognitivo e moral. Não existe estado afetivo sem um meio cognitivo, assim como não existe comportamento somente cognitivo. A afetividade não se manifesta apenas em gestos de carinho físico, mas também em uma preparação para o desenvolvimento cognitivo, pois é fundamental na relação das pessoas que estão em contato direto nas diversas fases do desenvolvimento infantil da criança.

A afetividade é de extrema importância na educação infantil, para uma escola construída a partir do respeito, compreensão e autonomia de ideias.

Na educação afetiva podem-se desenvolver sujeitos conscientes no gozo de seus direitos e deveres, sujeitos críticos que tem opinião própria, honestos em suas atividades, responsáveis por seus atos.

A verdadeira educação significa mais do que avançar em certo curso de estudos. É muito mais do que a preparação para a vida presente. Tem em vista o ser todo, durante toda a vida. É o desenvolvimento harmonioso das faculdades físicas, intelectuais e espirituais. (WHITE, Educação, 2008, p. 5).”

Através da afetividade na Educação infantil é possível ir além do ensino tradicional em busca de relações concretas que auxiliam a aprendizagem da criança, uma vez que ela não possui capacidade de abstração que permita um ensino mais conteudista. É fundamental abordar que a relação pedagógica deve nortear a relação afetiva que terá influencia no desenvolvimento do aluno, tendo em vista diferenças individuais e comportamentais inerentes ao ser humano.

Relação Professor – aluno no contexto afetivo para a Educação Infantil

Afetividade na Educação Infantil

 

O professor é a ferramenta mais relevante na aprendizagem educacional através de suas ações, e a importância da afetividade na relação professor-aluno, é fundamental para a formação integral do indivíduo.

Os profissionais da educação, em especial os educadores atuantes que acreditam no sucesso escolar, certamente, tem como princípio básico, a afetividade em sua relação “quase parental” com seus educandos, e consequentemente, contribuem para um aprendizado de qualidade, pautada em respeito, autonomia, compreensão e carinho.

A relação professor-aluno, deve sempre buscar a afetividade e a comunicação entre ambos, como base e forma de construção do conhecimento e do aspecto emocional.

A interação professor-aluno ultrapassa os limites profissionais e escolares, pois é uma relação que envolve sentimento e deixa marcas para toda vida.

É inevitável que o professor tenha consciência de que a boa convivência no seu ambiente de trabalho deve ser precedida por um bom diálogo.

Ressaltando o educador Paulo Freire, “o diálogo é um encontro no qual a reflexão e a ação, inseparáveis daqueles que dialogam, orienta-se para o mundo que é preciso transformar e humanizar”.

Por isso, é de fundamental importância que o professor esteja consciente de sua responsabilidade, tomando decisões de acordo com os valores morais e as relações sociais de sua prática, considerando ainda, as condições de vida familiar e social de seus alunos.

Quando o pedagogo alia bons métodos de trabalho, prática, carinho e diálogo, principalmente porque demonstra prazer e entusiasmo em ensinar, poderá modificar a concepção filosófica da educação, participar ativamente na transformação da sociedade e trazer esperança de melhoras para a formação educacional das gerações futuras.
O relacionamento entre professor e aluno deve ser de amizade, de respeito mútuo, de troca de solidariedade, não aceitando de maneira alguma um ambiente hostil e opressor que semeie o medo e a raiva no contexto de sala de aula. A prática pedagógica deve sempre prezar o bem estar do aluno, assim como do professor, para isso um relacionamento afetivo torna o aprendizado muito mais prazeroso. Segundo Freire (2002, p.73)

Um meio de trabalhar a afetividade em sala de aula principalmente na educação infantil é trabalhando o lúdico, dessa forma tornando as aulas menos cansativas e ao mesmo tempo divertidas. A utilização dessa metodologia propicia as crianças um desafio constante, estimulando a busca do conhecimento, tornando a aprendizagem prazerosa. É importante que o professor faça parte das atividades, assim aproximando-se dos alunos e estreitando o relacionamento, de carinho e confiança, estimula o processo de inclusão, possibilitando a interação entre as crianças, o acolhimento e estimula o convívio com as diferenças, tornando as relações mais afetivas e amigáveis.

A Importância da Afetividade na Família para a Educação Infantil:

Afetividade na Educação Infantil

O desenvolvimento afetivo faz parte do indivíduo desde seu nascimento e o acompanha durante toda vida, esta por sua vez desempenha um papel extremamente importante para todas as relações do ser humano e seu desenvolvimento.

A família tem papel fundamental na vida da criança, pois é a partir dela que a criança tem seus primeiros relacionamentos afetivos e através dela desenvolve o que aprendeu no meio social.

A criança leva para o meio social tudo aquilo que aprende em casa com a família, se ela é tratada com amor, carinho e compreensão, ela transmitirá essa e afetividade aos colegas e para os professores, caso ela não tenha uma relação afetiva com os familiares ela não conseguirá mostrar nenhum gesto de carinho, dessa forma agindo com agressividade e incoerência.

A família é o alicerce desenvolvimento da vida da criança. Segundo Gabriel Chalita (2004, p.26).

 Por isso é de extrema importância criar um elo de comunicação entre a família e a escola. Ambas necessitam uma da outra.

A criança deverá sentir-se segura, acolhida e protegida por todos envolvidos no seu processo de aprendizagem, e para tanto é necessário que a família, comunidade e escola estejam sempre presentes. Por isso é necessário a participação de todos comprometidos, e com o mesmo objetivo, demonstrando afetividade para que a criança possa ter condições de desenvolver plenamente seu cognitivo.

Livros para baixar e trabalhar a Afetividade Na Educação Infantil

Cadê o Brincar? Baixe livro grátis em PDF

Aprendizagem e Afetividade

Sugestões de Atividades Para Educação Infantil

Atividades Para Educação Infantil  Pintura com gelo

Plano de Aula de Matemática Números de 0 a 10

Atividades recreativas para educação infantil 5 anos

Atividades recreativas para educação infantil 4 anos

Atividades recreativas para educação infantil 3 anos

Atividade Natal para educação infantil

Atividades recreativas para educação infantil

Projeto Férias Educação Infantil

Plano de aula para educação infantil

 

 

 

 

Adicionar Comentário