Home Alfabetização Alfabetização e Letramento na Educação Infantil

Alfabetização e Letramento na Educação Infantil

20 min read
2
0
601

 

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Nos dias de hoje um dos maiores desafios para os professores dos anos iniciais é alfabetizar e letrar os pequenos, são diversas as dificuldades, seja por parte da família ou até mesmo recursos escolares, mas antes de qualquer coisa, você sabe a diferença entre alfabetizar e letrar?

É preciso saber que os dois, alfabetização e letramento são dois conceitos totalmente diferentes, a pessoa que é alfabetiza sabe decodificar as letras e os números, ela sabe quais são e diferenciá-los.

Já a pessoa letrada vai além:

  • Ela responde as demandas sociais da leitura e da escrita;
  • Interpreta os textos de diferentes gêneros textuais que lhe forem passados, e os desenvolve;
  • Ela entende o código, sendo capaz de manejar a língua de acordo com a sua vivencia social, buscando ser compreendido e também compreender;
  • Ela tem domínio sobre a língua.

As duas são de suma importância para o processo de ensino e aprendizagem dos pequenos que estão começando a serem alfabetizados e estão começando a ter contato com o mundo externo.

O processo de letramento começa a ser inserido na vida das crianças ainda nos primeiros meses de vida, quando os familiares contam um histórias de contos de fada, ou utilizam livros com bastante figuras, mesmo que eles ainda não consigam compreender os signos inseridos em livros interpretam as histórias através dos desenhos, decorando as feições e as situações que o livro mostra, inventando as suas próprias histórias a partir dos desenhos, ou contos ouvidos, assim com o tempo e estimulo ao letramento são capazes de distinguir se o que estão vendo ou ouvindo são contos de fadas, poemas, letras de música, receita de algo, dentre outras.

A prática do letramento vem para a criança de acordo com a sua inserção na vida em sociedade, crianças letradas têm mais facilidade em compreender a língua e se apropriar dela, já as crianças que não passam por esse estímulo ficam limitadas as combinações das letras, tendo certa ou muita dificuldade posteriormente para compreender e interpretar os textos lidos, gerando nelas com o tempo certa vergonha em ler e falar em público, tornando-a mais tímida do que ela poderia ser, por isso é de suma importância que o professor em sala de aula alfabetize os alunos letrando-os ao mesmo tempo e que a família em casa estimule os pequenos em fase de alfabetização, e posteriormente também.

Os estímulos nos anos iniciais da vida das crianças são muito importantes e podem ajudar muito futuramente, logo após o nascimento, os bebes produzem em média de dois a três mil sinapses por segundo.

Essas sinapses são as conexões entre os neurônios no cérebro das crianças, que servem para armazenar e transmitir informações.

Os estímulos da leitura e da escrita são uma base para o aprendizado das crianças e por isso devem ter uma atenção especial na primeira infância, as sinapses são as maiores responsáveis por essas informações.

Caso a criança nasça com algum problema congênito ou adquira ao decorrer do tempo, essa importância se multiplica, ela deve ser estimulada de todas as maneiras possíveis, para que tenha uma vida normal, como qualquer outra criança, estimular é o segredo.

No dia-a-dia da escola e em casa, é possível estimular os pequenos, basta contar contos e história, inventar personagens junto com a criança, ler livros e estimular a criança a ler, caso ela ainda não tenha sido alfabetizada, ela pode inventar uma história a partir de outra história, deixe que ela se sinta a vontade com os livros, não pode e não deve ser algo forçado pelo adulto, tem que ocorrer de forma natural e relaxada, assim a criança lembrará-se desses momentos como algo prazeroso para ela, crianças são regidas pelos seus desejos e prazeres e elas buscam a todo custo satisfazê-los, por isso forçar, não é a melhor opção no seu processo de ensino e aprendizagem.

Do nascimento até os cinco anos de idade mais ou menos a cabeça das crianças funcionam como uma esponja que captura tudo que esta a sua volta, por conta das sinapses do seu cérebro que estão a todo vapor, nessa fase a criança tem um alto rendimento cerebral por isso é muito importante os estímulos, seu potencial de aprendizagem está praticamente no ápice, elas querem saber o porquê de tudo, o que é muito bom.

Com o avanço da idade e consequentemente do desenvolvimento cerebral, há uma necessidade de processar as informações mais complexas, dessa forma ocorre uma seleção natural, onde o cérebro armazena apenas as sinapses mais utilizadas e arquivam as outras, o cérebro dessa maneira fica mais ativo para investir em algo novo todos os dias, sobrando mais espaço para o novo conhecimento que será adquirido.

Por tal feito é tão importante que os estímulos sensoriais devam ser apresentados desde cedo para as crianças, são ferramentas mentais das quais elas terão acesso no futuro, sempre que necessário, porém é bom que estejam em constante treino, para que não se percam, é preciso estimulá-las a todo o momento.

Por isso é tão importante o professor alfabetizar e ao mesmo tempo letrar seus alunos, é algo que ele utilizará para sempre, e estará em contato a todo o momento trazendo apenas benefícios no cotidiano escolar e pessoal das crianças.

ALFABETIZAR E LETRAR DE MANEIRA DIVERTIDA

  1. É possível alfabetizar e letrar na educação infantil de uma maneira diferente e divertida?
  2. Antes de responder a essa questão vamos voltar um pouco no tempo?
  3. Eu te proponho que você se lembre de como era a sua escola quando você, professor, foi alfabetizado.
  4. Você gostava da sua escola?
  5. Do seu professor?
  6. Gostava de aprender? 

Quem tem de 25 anos para cima (salvo algumas excessões) ainda pegou uma fase da educação que compreendia em somente utilizar-se dos livros didáticos como métodos de alfabetizar e letrar os alunos, porém com os atrativos que os alunos tem hoje em dia como as tecnologias ultra avançadas é possível prende-los único e exclusivamente em livros? Felizmente ou não a resposta é não, os alunos de hoje necessitam de mais em seu processo de ensino, eles precisam que as aulas sejam tão chamativas quando as tecnologias fora da sala de aula.

Pois então voltando a minha pergunta inicial, é possível alfabetizar e letrar na educação infantil de uma maneira diferente e divertida? A resposta é com absoluta certeza sim!

Você professor tem um poder maravilhoso dentro da sala de aula, os alunos tem que se sentir tentados a aprender, e as crianças naturalmente são curiosas e gostam de desafios e de aprender algo novo, pois então porque não unir esses dois eles para transformar o mundo sem letrinhas dos alunos das series iniciais, para um mundo cheio de cores e palavras.

O professor pode usar de diversos materiais para isso, peça para que os alunos tragam de casa materiais que tenham coisas escritas e que eles estejam acostumados a ver como:

  • Livros
  • Revistas
  • Jornais
  • Embalagens
  • Rótulos
  • Gibis
  • Livros ou cadernos de receitas
  • Jogos

Enfim tudo que faça parte do dia-a-dia das crianças e mostre para eles que aqueles materiais estão repletos de letras, palavras, textos, ensine-os de uma maneira leve e gostosa, não force os pequenos, talvez ele não se sinta confortável com as letras por ter algum transtorno como a dislexia por exemplo, fique atento aos seus alunos professor.

Você pode ainda, inventar jogos lúdicos que envolvam a leitura e a escrita junto com seus alunos, proporcionar aula a céu aberto em um dia quente para que se sintam mais a vontade e pedir para que escrevem em seus cadernos, com as palavras deles, o que estão achando da aula, se gostam de aprender coisas, o que eles estão vendo fora do contexto da sala de aula, o professor pode realizar teatros com os alunos, a partir de um livro que a turma esteja lendo junto, peça que eles reinventem as histórias fazendo uma releitura,  dialogue sobre livros, deixe que eles exponham suas opniões sobre o que estão lendo, se estão gostando ou não, se mudariam algo  ou não.

As crianças em processo de alfabetização devem ser incrivelmente estimuladas, deixe que usem a sua imaginação, elas precisam disso para que o seu desenvolvimento ocorra de uma maneira gostosa, peça ajuda dos familiares, incentive-os a pratica de leitura também, a família é muito importante na vida dos pequenos e devem contribuir com esse processo de ensino.

Sabemos o quão difícil é ser professor em nosso país, sabemos das dificuldades que a escola enfrenta para alfabetizar seus alunos dia após dia, porém professor, você é a chave para que esse processo tão prazeroso e mágico ocorra na vida das crianças.

O ato de ensinar deve ser feito com amor e gratidão, e promover momentos de deleite durante a alfabetização e letramentos das crianças, é de suma importância, isso fará com que ela tenha, num futuro próximo, vontade de se aprofundar mais no mundo literário e pegue gosto por isso, por isso, professor alfabetizador saiba que você é muito importante para a educação e para a vida dos pequenos.

Laís Simão, Pedagoga e Professora Especialista em Deficiências Intelectual e Múltiplas.

Mais sobre Alfabetização e Letramento:

Alfabetização e Letramento

Sugestões em Vídeo – Alfabetização e Letramento na Educação Infantil

Summary
Review Date
Reviewed Item
Professores Heróis
Author Rating
51star1star
1star1star1star
  • Como alfabetizar

    Como Alfabetizar – Dicas e Atividades de alfabetização

    COMO ALFABETIZAREncontre Neste Artigo:1 COMO ALFABETIZAR2 Como alfabetizar na Educação Inf…
Carregar mais artigos relacionados
carregar mais Andre Marques
Carregar mais Alfabetização

2 Comentarios

  1. MARIA BEATRIZ

    28 de fevereiro de 2018 at 21:49

    UM TRABALHO MUITO BOM.PARABENS

    Reply

  2. […] Alfabetização e Letramento na Educação Infantil […]

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Atividades Lúdicas para Educação Infantil

Atividades Lúdicas para Educação InfantilEncontre Neste Artigo:1 Atividades Lúdicas para E…