Atividades para bebês de 1 ano

Atividades para bebês de 1 ano





10 sugestões de Atividades para bebês de 1 ano que estão nessa primeira fase de desenvolvimento  com atividades que estimulam  os sentidos da criança seja  através:

  1. Do toque;
  2. Da visão;
  3. Do olfato;
  4. Da audição;

E pra tornar esses momentos mais prazerosos tudo ao ar livre,no parquinho,praia ,quintal… Vamos brincar?

1-Olha que legal!! Atividades para bebês de 1 ano!

atividades-para-bebês-de-1-ano-1

A maior parte das brincadeiras desta fase consiste em mostrar coisas para o seu filho. Vale qualquer objeto da casa que não corte, queime ou possa ser engolido e também animais como aves e o encare-o com encantamento para mostrar. 




Faixa etária: apartir  0 meses 

Onde: Quintal, Praça, Dentro de casa, Parque

2. Serra-Serra, Serrador ou bebê voador

atividades-para-bebês-de-1-ano-2

Quando a cabeça do bebê mais firme, já dá para brincar de aviãozinho ou de foguete, fazendo o bebê “voar” na horizontal, deitado e bem apoiado entre seus braços (papais costumam ser craques nessa brincadeira).

Uma variação é brincar de elevador: você segura o bebê no colo e sobe e desce em direção ao chão com ele, contando os andares ao mesmo tempo (a menos que esteja em excelente forma física, você não precisa se agachar até o chão!) .

Outra brincadeira é o tradicional serra- serra Coloque a criança no colo.

Segure os bracinhos dela estendidos e faça movimentos para frente e para trás cantando:

“Serra, serra, serrador
Serra o papo do vovô!
Quantas tábuas já serrou?
Uma, duas, três!”

Dica: quando chegar ao “três”, faça algum movimento engraçado: cócegas no bebê, ou levante-o bem alto.

Faixa etária: apartir  dos 4 meses

Onde: Quintal, Praça, Dentro de casa, Parque

Estimula: Coordenação motora, Equilíbrio, Movimento, Ritmo

3.Bolinha de sabão!

atividade-para-bebês-de-1-ano-bolinha-de-sabão

Parece mágica! Basta um arame em círculo, água e sabão. A brincadeira é antiga e não há quem deixe de experimentar.

Os bebês ficam encantados quando as bolinhas estouram, no meio de uma crise de choro, procure uma área externa e comece a assoprar as bolinhas só para ver o que acontece: as lágrimas param na hora. E se puder ir a um local onde crianças maiores estejam brincando, melhor ainda. Elas virão correndo para olhar as bolhas também e acabarão entretendo o bebê só com sua presença. Outra vantagem é que esse é um brinquedo fácil de transportar e barato.

Sugestão

Ingredientes:
* um pedaço de arame para entortar
* água
* detergente ou sabão em pó
* xarope de milho

Como fazer:
É bem simples. Misture 1/2 copo de detergente e 2 colheres de xarope de milho em 1/2 litro de água.O xarope de milho é para encorpar as bolhas e aumentar o tempo de duração delas. Depois,  basta molhar o arame entortado em forma de aro e assoprar. 

Faixa etária: apartir  dos 4 meses

Onde: Quintal, Praça, Dentro de casa, Parque

Estimula: Visão, Concentração , Movimento, Ação-consequência

Brincar de esconde-esconde:

 Essa é uma das raras brincadeiras que bebês adoram que fazem o maior sucesso. 

Jogar bola: 

Essa brincadeira para bebês também são ótimas. Sem dúvida nenhuma, alegra e anima. E eu adoro! Acho bola algo super saudável e divertido e que, com certeza, agrada a ambos os sexos (meninas nessa idade também amam!).

Ler e brincar com livros interativos:

Quem é que não ama um livrinho? Seja para eu contar um historinha (parte dela, é claro, porque a atenção só fica nessa brincadeira por alguns minutos) ou para ele interagir e se divertir com os sons e texturas que alguns livros tem. Esse brinquedo também é algo que os bebês de amam..  

Riscar e desenhar: 

essa brincadeira virou a nova febre para os bebês de 1 ano e 5 meses principalmente. Adoram um giz de cera e um papel.

Simular histórias com bonecos ou marionetes: 

Os bebês de 1 ano já entendem boa parte do que a gente fala. Por isso, vale à pena usar um pouco a criatividade e inventar algumas histórias divertidas com os brinquedos que a criança já tem. Eles adoram.

Brincar de casinha: 

Acho bobagem essa história de que menino não pode brincar de casinha. É mito importante ensinar a cuidar de um e zelar por um brinquedo por exemplo. Pedir para a criança por exemplo, colocar o ursinho para dormir, levar o ursinho para passear, dar comidinha para o ursinho. Normalmente, essas são brincadeiras mais comuns para meninas, mas não vejo problema nenhum dos meninos divertirem-se dessa forma também, até porque, eles não tem preconceito nenhum e adoram (e, quem sabe, isso não os estimula a serem ótimos pais no futuro, hein!?).

Brincar com água:

Ótima opção para dias quentes. Eles amam! Uma opção é brincar dentro de piscinas de adulto ou infantis (sempre na companhia dos pais e usando boias), em piscinas infláveis (sempre com a supervisão de um adulto), brincar de dar água para plantinhas, brincar de encher de água diferentes potes e garrafinhas e por aí afora.

Brincar em parquinhos: 

Bebês adoram correr, subir, descer, “voar” e experimentar. Então, super vale a pena levá-los, sempre que possível, a um parquinho. E sempre com a supervisão de um adulto. É claro.

Ajudar em tarefas diárias:

É interessante pedir ajudar com alguma coisa: colocar a fralda no porta fraldas, guardar os brinquedos na caixa e por aí vai. Mesmo não desenvolvendo as tarefas com perfeição se divertem e já  aprendem a forma certa de fazer  para quando tiver condições de fazer direitinho.

Mais sugestões de atividades para bebês de 1 ano a 2 anos

1- Álbum de fotos

Esta atividade incentiva seu pequeno  a reconhecer vários padrões, cores e formas.

* Faça álbuns de fotografias coloridas cheias de fotos de amigos e familiares que seu bebê vai reconhecer instantaneamente;
* Você também pode fazer o  livro do bebê e entregar para ele;
* Sente-se com o bebê um pouco todos os dias e vá folheando o álbum e contando detalhes das fotos todos os dias;
* Desta forma, o bebê vai se acostumar a folhear sozinho várias páginas.

O álbum de fotos é legal para o bebê reconhecer, diferenciar e integrar o real do impresso no livro. Mas a partir dos 6 meses, é muito importante dar livrinhos para que, sentadinhos, eles folheiem sozinhos, pode ser no banho também (há livrinhos específicos para banho).

2 – Blocos de montar / encaixar /empilhar

Agora que seu bebê já desenvolveu um certo sentido para as formas, esta é a hora de começar as brincadeiras com blocos.

Participe ativamente da brincadeira até que a criança se habitue montar/ encaixar e empilhar por conta própria. No início, seu bebê segurará as peças, levantará e as derrubará/jogará (muitas vezes com o intuito de que você vá buscar, rsrs). Normal! Aos poucos ele vai tendo a curiosidade de te imitar e vai brincar sozinho.

Tome cuidado para que as peças / blocos sejam grandes o suficiente para a criança não engolir. Nessa fase, tudo é levado a boca!

3 – Farra na hora do Papá

Um “brinquedo” que os bebês adoram, mas nem sempre lhes é dada a oportunidade para explorá-lo, é a comida. As refeições podem ser muito prazerosas se ao bebê for permitido explorar com as próprias mãos aquilo que ele come e os utensílios que compõem esse momento, como pratos, talheres, copos e babadores. Aqui mesmo, toda vez que deixava a Clara com uma colherzinha na mão, ou com um pedaço de comidinha, enquanto eu com a outra colher dava o papá… As refeições fluem melhor mesmo, mas suja mais! Claro, nada na vida é fácil, né?

 

4 – Peêkâboo: Cadê – Achou!

O bebê começa a ter noção de que ele é um ser mais integrado, único, diferente e separado daquele que possui mais vinculo, tornando fundamental a participação do adulto em uma das mais importantes brincadeiras do bebê nessa fase da vida: as brincadeiras de descontinuidade.

Entre elas, os clássicos jogos de arremesso de objetos e a brincadeira de Peêkâboo “Cadê? Achou!” que mostrei nas atividades de 5 meses, serão sucesso garantido até 1 ano!

À medida em que simbolizam a presença e a ausência (o aparecer e o desaparecer), as brincadeiras de cadê/achou ajuda muito a criança tanto no processo de diferenciação eu-outro quanto a suportar os momentos de separação mais duradouros, como por exemplo, a saída dos pais para o trabalho. O que pode parecer bobo ou demasiadamente repetitivo para o adulto, é essencial para o bebê.

Por isso, brinque muito com ele e, junto, ouse a descobrir e experimentar brinquedos que não têm nome de brinquedo, mas são de uma riqueza ímpar para o desenvolvimento do bebê!

Mais ideias de atividades para estimular os bebês





• A criança diverte-se com os brinquedos que se deslocam (camião, animal, comboio, etc.).
• Brinca com caixas de diferentes tamanhos.
• Brinca com brinquedos que têm mobilidade, quer seja a pilhas ou de corda.
• Entretém-se com carrinhos de bebé, carrinhos de mão ou aros.
• Ã a fase em que a criança consegue entreter-se a brincar com plasticina.
• A partir de agora, o bebé pode brincar com peças de encaixar e puzzles.
• Incentivem a criança a andar sozinha. Ponham-se à sua frente com os braços esticados, para que se sinta segura, e incentivem-na a ir ao vosso encontro.
• Podem dar a mão à criança, atirar uma bola ou um globo pelo chão e correr atrás deles.

Gostando das sugestões de atividades para bebês?





• Empurrem um carrinho, um comboio, etc. pelo chão e incentivem a criança a persegui-lo.
• Podem brincar a segurar num cesto cheio de objetos (brinquedos, bolas, molas da roupa, caixas de plástico, etc.) e estimulá-lo a tirá-los do mesmo e a colocá-los em cima de uma mesa, incentivando o bebé a agachar-se e a levantar-se.
• Incentivem a criança a empurrar um carrinho para apanhar os brinquedos do chão. Deste modo, estimulá-la-ão novamente ao exercício de se agachar e de se levantar.
• Outro jogo divertido pode consistir em amontoar almofadas de diferentes formas e tamanhos e colocá-las no chão sob a forma de degraus, para que a criança possa subir pelas mesmas.
• Ensinem à criança como os diferentes animais (cão, gato, canguru, rã, pássaro, serpente, etc.) caminham e estimulem-na a imitá-los. Ao mesmo tempo, simulem o som do animal que imitarem.
• Coloquem-se de frente para uma escada e dêem a mão ao bebé, enquanto o incentivam a subir, com a vossa ajuda.
• Podem ensiná-lo a chutar uma pequena bola ou um globo, dando-lhe a mão para que não caia.

Segue mais sugestões ótimas de atividades e brincadeiras para bebês 

 

Adicionar Comentário