Home Brincadeiras Brincadeiras para crianças

Brincadeiras para crianças

21 min read
0
0
63

O ato de brincar para a criança não é uma obrigação, o brincar para eles é divertido e prazeroso, sem que ela perceba que está aprendendo, são modos de aprender e se desenvolver a cada dia mais, a cada nova brincadeira ou rodada.

  • Ao fazer as brincadeiras e praticar as atividades  as crianças:
  • Criam um mundo particular delas;
  • Possibilita que as inúmeras experiências vivenciadas por elas sejam únicas;

Nesses momentos a criatividade esta a todo vapor, crianças que tem contato com jogos e brincadeiras, com o tempo passam:

  • A criar seus próprios jogos, com suas próprias regras;
  • Novos lugares para brincar, estimulando a imaginação;
  • Quando isso é feito com mais crianças, todas irão dar sugestões sobre:
  • Como o jogo deveria ser realizado;
  • Construção de valores como respeitar a fala do outro;
  • Esperar a sua vez para falar;
  • Respeitar a opinião do outro;

Importância das brincadeiras na vida das crianças




Vontade e desejos já começam a serem exercidos pelas crianças, possibilitando uma melhor interação entre elas e deixando a brincadeira mais divertida.

Com a repetição das brincadeiras as crianças começam a perceberem sozinhas, o que as agrada e o que não as agrada, assim elas passam a variar as experiências e dialogarem entre si, o que é muito importante, pois estimula a conversação entre os pequenos.

O brincar é muito importante na vida da criança, além de garantir a saúde, exercícios físicos e mentais para os pequenos, são agregados valores ás suas vidas. É no ato de brincar que se aprende e ampliam seus conhecimentos de mundo e sobre si mesmos. 

Algumas brincadeiras são uma imitação da realidade como, por exemplo:

  • Brincar de “casinha”;

Uma delas representará o papel da mãe, uma figura muito importante da vida da criança, o que também representa que ela sente falta daquela figura, por inúmeros motivos como, estar longe dela naquele momento.




Quando elas brincam de algo como a “casinha”, elas reconstroem o cotidiano de suas vidas na brincadeira, vivem aquela experiência, simbolizam o que talvez elas desejam e uma representação do faz-de-conta, que precisa do envolvimento delas na brincadeira.

A brincadeira pode ser “escolinha” também, nesse momento uma delas tomará o papel de professora da turma, e repetirão o que acontece com elas dentro da sala de aula, vivenciando todos os momentos do processo de ensino e aprendizagem.




Mesmo que as crianças não saibam, essas brincadeiras de imitar o dia a dia são de suma importância para o seu crescimento e aprendizagem, as crianças se envolvem com o contexto de uma maneira mais viva, proporcionando-lhes reflexões e contato com o mundo. 

Objetivo das brincadeiras para as crianças:

  • Experiências de trocas na vida das crianças;
  • A manipulação e exploração de diferentes objetos;
  • A comunicação e interação com outras crianças que não sejam do seio familiar;
  • Valores sobre o que é certo e o que é errado;
  • O desenvolvimento da linguagem corporal;
  • organização dos pensamentos, regras a serem respeitados;

Atos e estratégias para realizar os jogos ou brincadeiras fazem com que a criança aos poucos se torne mais independente, ajudam na formação no individuo enquanto pessoa e no desenvolvimento de sua personalidade.

O adulto seja ele o professor ou o familiar deve jogar com a criança, dessa forma ele contribuirá e muito para o seu desenvolvimento pessoal e educacional, incrementando a vida dos pequenos, experiências únicas e que serão de grande valia para o futuro, ao participar das brincadeiras e jogos com as crianças ambos irão aprender coisas novas e significativas em suas vidas, propiciar momentos únicos para os dois lados. 

Enquanto a criança brinca com o adulto ela se sente mais confiante, pois naquele momento ambos estão no mesmo nível, dando uma segurança maior para a criança, dessa forma ela se sente mais segura para a tomada de decisões, sem o medo de estar fazendo errado, e caso erre, ela não se culpara por ter feito o ato no momento do jogo ou da brincadeira errado, pelo contrario, aprenderá que aquela determinada atitude não foi bem pensada para aquele momento, e na próxima vez pensará um pouco mais para aquela determinada situação ou para as próximas que virão.

Desenvolvimento das brincadeiras na escola





Na escola os conteúdos passados pelo professores devem ser vivenciados pelas crianças para que elas assimilem de fato o que foi passado.

Os jogos e brincadeiras feitos em sala de aula envolvendo o ensinamento do professor são uma maneira muito eficaz de garantir esse aprendizado da criança, os professores podem fazer diversos tipos de jogos com as crianças, incentivando sempre que eles, antes de tudo, participem e deixando em evidência que o importante não é ganhar o jogo, dessa forma o aluno aprende que jogar é mais importante do que ganhar sempre tendo a noção de que ele não vencerá todas ás vezes, preparando-o para enfrentar problemas futuros normais da vida dos adultos.

Muitas das brincadeiras feitas em sala de aula contribuem para o desenvolvimento e exercícios do cérebro das crianças, raciocínio lógico, imaginação, dentre outras características, já as brincadeiras feitas fora da sala de aula contribuem para a agilidade, força, coordenação motora, dentre outras, dessa forma a cada dia que passa eles se tornam menos dependentes e mais seguros de si.




As brincadeiras e jogos como estratégias de ensino e de aprendizagem em sala de aula devem beneficiar a criança com a construção do conhecimento científico, proporcionando a vivência de situações reais ou imaginárias, propondo à criança desafios e instigando-a a buscar soluções para as situações que se apresentam durante a brincadeira ou jogo, levando-a a raciocinar, trocar ideias e tomar decisões. 

Dessa forma, o brincar e o jogar, na Educação Infantil, devem ser visto como uma estratégia utilizada pelo professor e deve privilegiar o ensino dos conteúdos da realidade, tendo o brincar um lugar de destaque no planejamento pedagógico. 

As brincadeiras, os jogos e atividades lúdicas devem contribuir significativamente na construção e compreensão do conhecimento, são atividades essenciais no desenvolvimento e na aprendizagem dos alunos, para isso o professor deve conhecer todos os seus alunos da turma, saber quais são os seus objetivos com casa um deles, e as metas que deseja que eles alcancem até o fim do ano letivo, promovendo um trabalho de qualidade nesse aspecto.

 

BRINCADEIRAS EDUCATIVAS E DIVERTIDAS





 

1- Tesouro do Pirata

 Essa brincadeira pode ser feita com os adultos da família ou na escola com os professores. Uma das crianças será escolhida para ser o pirata e esconder o seu tesouro. O tesouro pode ser um brinde para as crianças da turma, como um saquinho de balar, bombons, algo que todos ganhem e aproveitem para as crianças criarem um à noção de o melhor antes de tudo é participar e brincar. Depois que o pirata esconder o seu tesouro, as outras crianças vão tentar encontrá-lo, para isso o pirata irá dar dicas, a brincadeira se encerra quando as crianças acharem o tesouro.

O professor que faça a brincadeira dentro da escola pode espalhar dicas em diferentes pontos da escola para as crianças procurarem, caso os alunos já tenham sido alfabetizados. As dicas podem envolver questões de português e matemática, livros que os professores estejam trabalhando com os alunos, algo que esteja fazendo parte do conteúdo naquele momento pois a brincadeira ajudará na assimilação.

Essa brincadeira tem vários pontos positivos, ela beneficiará os alunos em diversos momentos, como a coordenação motora, de todos incluindo os alunos com algum tipo de deficiência, raciocínio lógico, autonomia, organização de pensamentos, respeito às regras sociais como esperar o outro falar por exemplo, dentre outras características.

 

2- Boliche

 Essa brincadeira pode ser feita com os adultos da família ou na escola com os professores. Faça os pinos do boliche utilizando garrafas de plástico, coloque um pouco de água ou areia (até a metade mais ou menos) para ficarem um pouco mais pesadas, utilize uma bola macia para jogar na direção dos pinos para derrubar. Cada criança pode tentar duas vezes derrubar todos os pinos. Essa brincadeira tem vários pontos positivos, ela beneficiará os alunos em diversos momentos, como a coordenação motora, de todos incluindo os alunos com algum tipo de deficiência, noção de espaço, noção de força, raciocínio dentre outras características.

 




3 – O mestre mandou

 Essa brincadeira pode ser feita com os adultos da família ou na escola com os professores. Não será necessário objetos e materiais, uma das crianças ou adultos será o mestre da brincadeira, ele deverá inventar uma ordem, fáceis de resolver, e que devem ser cumpridas pelos integrantes da brincadeira como, por exemplo: “O mestre mandou andar para o lado”, “O mestre mandou das pulinhos”, somente quem conseguir realizar as ordens dadas pelo mestre poderá continuar na brincadeira, quem conseguir realizar todos os desafios será o mestre na próxima rodada, lembrando sempre que o importante é estar com os amigos e brincar. Essa brincadeira tem vários pontos positivos, ela beneficiará os alunos em diversos momentos, como a coordenação motora, de todos incluindo os alunos com algum tipo de deficiência, raciocínio lógico, autonomia, organização de pensamentos, dentre outras características.

 

As brincadeiras são tão importantes quanto os conteúdos currículares na educação, elas fazem com que o aluno adquira diversas habilidades que só com a leitura não seriam solidificadas, estimulação de diversas partes do corpo e autonomia para a tomada de decisões, por exemplo, para as crianças com algum tipo de deficiência, os jogos são de suma importância, pois auxilia na assimilação do conteúdo e permite um melhor aproveitamento das aulas tornando cada vez mais possível o processo de ensino aprendizagem, fazendo com que todos os alunos gostem de aprender cada dia mais e principalmente querendo aprender mais por perceber o quão gostoso é aprender.

Autora: Laís Simão, Pedagoga e Professora Especialista em Deficiências Intelectual e Múltiplas.

Mais sugestões de brincadeiras para crianças





Brincadeiras populares

Brincadeiras de roda

Brincadeiras para gincana infantil

Brincadeiras para gincana

Cartilha das Brincadeiras  Baixar grátis

 

Brincadeiras para crianças – Ideias em vídeo:





Summary
Review Date
Reviewed Item
Professores Heróis
Author Rating
51star1star1star1star1star
  • Brincadeiras Folclóricas

    BRINCADEIRAS FOLCLÓRICAS   O folclore brasileiro é o sinônimo da cultura popular bras…
  • Brincadeiras Divertidas

    À procura de jogos clássicos ao ar livre, as crianças podem brincar em casa, na escola ou …
  • Brincadeiras populares

    BRINADEIRAS POPULARES As brincadeiras populares têm origem nas diversas culturas existente…
  • Brincadeiras de roda

    BRINCADEIRAS DE RODA   As brincadeiras de rodas são acompanhadas de cantigas, ambas s…
  • Brincadeiras para gincana infantil

    A seleção de brincadeiras, atividades recreativas e ideias de gincana está forte aqui no s…
  • brincadeiras-para-gincanas

    Brincadeiras para gincana

    Brincar tem uma importância absurda nos processos de desenvolvimento humano. As brincadeir…
Carregar mais artigos relacionados
carregar mais Professor
  • Brincadeiras Folclóricas

    BRINCADEIRAS FOLCLÓRICAS   O folclore brasileiro é o sinônimo da cultura popular bras…
  • Brincadeiras Indígenas

    BRINCADEIRAS INDIGENAS   Que as brincadeiras são importantes para o desenvolvimento d…
  • Brincadeiras Divertidas

    À procura de jogos clássicos ao ar livre, as crianças podem brincar em casa, na escola ou …
  • Jogos e Brincadeiras Populares

    Os jogos e brincadeiras populares têm origem nas diversas culturas existentes no Brasil, t…
Carregar mais Brincadeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Brincadeiras Folclóricas

BRINCADEIRAS FOLCLÓRICAS   O folclore brasileiro é o sinônimo da cultura popular bras…