Home Projetos para educação infantil Projetos para educação infantil

Projetos para educação infantil

44 min read
0
0
231





O trabalho por meio de Projetos para educação infantil demanda, primordialmente:

  • Uma escuta atenta e sensível do professor;
  • Uma ligação empática com seu grupo de alunos;
  • Situações de aprendizagem que possam favorecer o surgimento de um tema.

Alguns Projetos para educação infantil abaixo para download:




Projetos para educação infantil 1: Projeto dissonauro

Projetos para educação infantil 2: Projeto nutrição na escola – alimentação

Projetos para educação infantil 3: Projeto inclusão

Projetos para educação infantil 4: Hora do conto

Projetos para educação infantil 5: Projeto monteiro lobato

Baixe grátis – Projetos para educação infantil:

Projetos Prontos Para Baixar Grátis




Projetos para educação infantil: Projeto Páscoa, Projeto dia do índio, Projeto dia do livro infantil, Projeto pai nota 10, Projeto água, Projeto folclore, Projeto festa junina, Projeto educação ambiental, Projeto dia das mães, Projeto Primavera, Projeto Prátia, Projeto Circo, Projeto Natal, Projeto dia das crianças, Projeto carnaval,  

Sugestões de Projetos para educação infantil




Projeto meio ambiente e Reciclagem

CRECHE E PRÉ ESCOLA

PROJETO:

MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM

PERIODO: MAIO E JUNHO

Elaboradoras: coordenadoras pedagógicas

JUSTIFICATIVA:

 A educação Ambiental não deve ser tratada como algo distante do cotidiano dos alunos, mas como parte de suas vidas. É de suma importância a conscientização da preservação do Meio Ambiente para a nossa vida e todos os seres vivos, afinal vivemos nele e precisamos que todos os seus recursos naturais sejam sempre puros. A conscientização quanto a essa preservação deve iniciar cedo, pois é muito mais fácil fazer as crianças entenderem a importância da natureza e quando esse ensinamento inicia logo elas com certeza vão crescer com essa ideia bem formada.

Um fator primordial para a preservação do meio ambiente

É a reciclagem, pois através dela é possível tirar do meio ambiente coisas que levariam décadas para desintegrar. As crianças começam a aprender a importância da reciclagem na escola através de diversos projetos. As aulas de arte são muito boas para fazer essa iniciação, pois é possível criar coisas incríveis com materiais recicláveis e com isso as crianças já vão aprendendo muito sobre o assunto e com certeza vão crescer um adulto melhor. A criançada assimila rapidamente as informações e se elas passarem a entender que a reciclagem pode ajudar em mais de cinquenta por cento na preservação elas com certeza vão ajudar muito no futuro. Vale salientar que desenvolveremos nossas atividades de forma interdisciplinar priorizando todos os eixos temáticos.

OBJETIVO GERAL:

 – Sensibilizar os alunos sobre a importância da preservação do Meio Ambiente, identificando as situações que causam danos à ecologia como: poluição, desmatamento, queimadas extinção de animais e outros estimulando assim o interesse pela natureza, e também enfatizar a problemática do lixo e a solução oferecida pela reciclagem.

– Conscientizar os pais e alunos sobre a importância da coleta seletiva do lixo, do reaproveitamento dos materiais recicláveis e do tempo de decomposição.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Resgatar junto aos alunos a importância de vivermos e convivermos em um ambiente limpo;
  • Relacionar as cinco cores básicas aos lixos correspondentes. (Verde= vidro, Amarelo=metal; Azul= papel; Vermelho= plástico; Marrom= orgânico).
  • Sensibilizar os alunos a auxiliarem no cuidado com a escola, não jogarem lixo no chão;
  • Incentivar a prática de atitudes conscientes quanto à limpeza da sala de aula, assim sendo fazer com que os alunos levem essas informações as suas casas
  • Refletir sobre nossas atitudes no dia a dia;
  • Produzir brinquedos e outros objetos através do lixo que não é lixo
  • Incluir no dia a dia dos alunos hábitos conscientes sobre reciclagens.
  • Desenvolver com os alunos uma lista de atitudes benéficas para com o meio em que vivemos;
  • Utilizar os brinquedos desenvolvidos em sala de aula nos momentos lúdicos à eles proporcionados;
  • Socializar com outros alunos o que conseguimos produzir através dos materiais recicláveis;

  • Levar os alunos a perceber a transformação do material reciclável, através do homem;
  • Envolver a família na produção de brinquedos recicláveis, como forma de incentivar e entusiasmar os pais e familiares nessa proposta;
  • Compreender o período de decomposição de cada elemento;
  • Reconhecer os elementos prejudiciais a natureza;
  • Promover a conscientização da importância da reciclagem para o meio ambiente;
  • Identificar para selecionar os materiais;
  • Entender o processo de reciclagem;
  • Despertar e desenvolver as capacidades potenciais dos alunos;
  • Despertar cada criança para as inter-relações entre os elementos que compõem o meio ambiente, das quais os seres humanos são parte integrante.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS POR EIXOS TEMÁTICOS

  • Linguagem oral e escrita;
  • Realizar pesquisas em livros e revistas;
  • Participar de variadas situações de comunicação oral;
  • Interagir e expressar desejos, necessidades e sentimentos;
  • Familiarizar-se aos poucos com a escrita por meio da participação em situações nas quais ela se faz necessária e do contato no cotidiano com os livros, revistas, historias, cartazes, rótulos, embalagens e painéis;
  • Identificar letras e família silábica. 
  • Linha Matemática
  • Sequencia fatos
  • Estabelecer aproximações a algumas noções matemáticas presentes no seu cotidiano.
  • Ler e escrever numerais de 0 a 10.
  • Manipular e explorar objetos e brincadeiras, em situações organizadas de forma a existirem quantidades suficientes para que cada criança possa descobrir as características e propriedades principais e suas possibilidades associativas: empilhar, rolar, transvasar, encaixar, etc.
  • Reconhecer cores e formas;
  • Natureza e sociedade;

  • Explorar o ambiente, para que possa se relacionar com outras crianças;
  • Estabelecer contato com objetos diversos, manifestando curiosidade e interesse;
  • Aprimorar os cinco sentidos através de atividades com matérias concretas e lúdicas;
  • Estabelecer relações entre fenômenos da natureza.
  • Desenvolver progressivamente hábito de higiene pessoal (escovar os dentes, lavar as mãos, tomar banho e levar o rosto) e social (quando a jogar o lixo no lixo e preservar o ambiente);
  • Artes;
  • Observar o limite disponível para os desenhos, pinturas e colagens;
  • Fazer uso dos pincéis do tipo grosso, de maneira adequada;
  • Manipular materiais diversos para colagens;
  • Iniciar recortes livre com tesoura;

  • Ampliar o reconhecimento de mundo que possuem, manipulando diferentes objetos e materiais, explorando suas características, propriedades e possibilidades de manuseio e entrando em contato com formas diversas de expressão artística;
  • Movimento;
  • Explorar as possibilidades de gestos e ritmos corporais para expressar-se nas brincadeiras e nas demais situações de interação;
  • Deslocar-se com destreza progressiva no espaço ao andar, correr, pular, etc., desenvolvendo atitude de confiança nas próprias capacidades motoras;
  • Reconhecer as suas próprias capacidades motoras e possibilidades cinéticas;
  • Explorar e utilizar os movimentos de preensão, encaixe, lançamento, etc., para o uso de objetos diversos.

CONTEÚDOS POR EIXOS

–        Linguagem oral e escrita

–        Leitura e interpretação oral de diferentes tipos de textos;

–        Rótulos e embalagens;

–        Alfabeto e Famílias silábicas;

–        Percepção Visual e auditiva- textos, histórias, músicas com a temática ambiental.

–        Bingo, caça palavras, cruzadinha.

–        Ditado vivo

–        Lista de coisas da natureza

–        Jogo da memória (animal e nome ou animal e primeira letra)

–        Poesias, parlendas, músicas, vídeos.

–        Mural ecológico (com frases sobre o meio ambiente, figuras)

–        Criação de placas para preservação do ambiente escolar

–        Acróstico (NATUREZA) – Frases da natureza

–        ABC da natureza

–        Produção de texto coletivo

MATEMÁTICA

– As cores da natureza

– Número e numerais de 0 a 10

– Dobraduras (forma geométrica)

– Classificação seleção e contagem de materiais da natureza (pedras, gravetos, folhas)

NATUREZA E SOCIEDADE

–        Conceito de Preservação da natureza e reciclagem;

–        Comparação de ambientes diferentes, identificação de sua regularidade;

–        Preservação e cuidados com a água.

–        O que tem vida na natureza? (seres vivos) E o que não tem vida na natureza? (seres não vivos)

Cuidados que devemos ter com o meio ambiente

Tempo de decomposição do lixo

–        – Separação do lixo

–        Os perigos dos lixos acumulados;

–        Higiene pessoal e do meio

–        Dengue

–        Reciclagem (confecção de brinquedos e outros objetos com materiais recicláveis).

ARTE

  • Carimbos com legumes, com folhas.
  • Recorte e colagem (seres vivos e não viva – natureza)
  • Confecção de máscaras de animais
  • Dobradura animais e plantas                                                
  • Arte com as mãos (arvore flor, bichinhos, sol)
  • Desenho livre
  • Confecção de brinquedos e outros objetos com materiais recicláveis
  • Dramatização.

MÚSICA

  • Música da minhoca, cinco patinhos, herdeiro da natureza e outras cantigas de roda.
  • Depende de nós (Ivan Lins)
  • Planeta azul (Chitãozinho e Xororó)

MOVIMENTO

  • Som dos animais                                       
  • Mímicas (imitar animais)

METODOLOGIA

  • Organizar as crianças em rodinha de forma que todas possam olhar e interagir. Conversar sobre a Preservação do meio; ambiente, pedir para eles se eles sabem o que devem fazer;
  • Não jogar no lixo o que pode ser reaproveitado. As latas de refrigerante usadas, por exemplos podem voltar para a fábrica, para virar latas novas.
  • Não poluir o ar, porque faz mal para a saúde das pessoas. Os carros, caminhões e ônibus poluem muito.
  • Não desperdiçar água, porque um dia pode faltar.
  • Não jogar lixo nas ruas nem nos rios.
  • Preservar as florestas. Nelas há muitas espécies de plantas que podem se usadas para fazer remédio. Além disso, muitas espécies de animais dependem da floresta para viver.
  • Falar sobre reciclagem, a importância.
  • Discutir a ideia da seleção do lixo e o reaproveitamento.
  • de embalagens;
  • Fazer o desenho das lixeiras em papel pardo e organizar eles em grupo nas mesas, para que pintem com tinta guache as lixeiras.

  • Fazer um mural coma as lixeiras, explicar o porquê das cores das lixeiras, orientá-los que de acordo com as normas mundiais da coleta seletiva de lixo, procede assim:
    Coletor amarelo – metal
    Coletor azul – papel
    Coletor vermelho-plástico
    Coletor Verde – vidro
  • Construir um brinquedo com sucata trazida de casa, como: bi boque, o vai e vem, o pião.
  • Mostrar fotos coloridas, para observarem a natureza preservada e natureza poluída.
  • Ouvir, cantar musica infantil a minhoca, cinco patinhos, herdeiro da natureza, vamos passear na floresta e outras cantigas de roda.
  • Realizar experiências com tinta usando o funda da garrafa pet, proporcionando a descoberta dos materiais retornáveis.
  • Produção de vídeos com exposição de relatos feitos pelos alunos sobre a importância de preservar e conserva o meio ambiente;
  • Realizar brincadeiras com o pé de lata;

  • Carimbos com folhas: Pedir para as crianças trazer de casa um folha que acharem caídas no chão de sua casa ou mesmo do caminho da escola, para fazer registro com cola colorida;
  • Após a conversa em sala, enviar um bilhete solicitando aos pais que procurem em casa com os seus filhos: caixas, tampinhas, garrafas de plástico, caixas de ovos etc.  e enviem para a escola. Esperar dois ou três dias,  até que todos ou a maioria consiga procurar e trazer os materiais para a escola. Quando a turma trouxer o material solicitado, coloque toda a sucata em um espaço visível e discuta com os alunos como foi o processo de recolher a sucata, quem ajudou etc. Valorizar o envolvimento dos pais e dos alunos também;
  • Fazer a classificação dos materiais trazidos pelos alunos juntos a eles e organizar que eles coloquem nas lixeiras corretas que estarão no interior da sala;
  • Fazer recorte de jornais e revista de rótulos de embalagens retornáveis e colar no mural;
  • Manuseio de livros de historia;
  • Fazer uma meia lua e deixar as crianças escolher uma historia a ser contada a elas;
    Fazer um caixa com brinquedos diferenciados para que possam brincar na hora do recreio;
     Levar o filme do Bambi, e da turma da Monica com historia sobre como fazer para a preservação da natureza, levar  para ser assistido n o dia que é para assistir vídeo;
  • Interpretações oral, escrita e através de desenhos dos textos lidos;

  • Realização de brincadeiras e jogos (quebra cabeça, jogo da Memoria, Dominó e Bingo).
  • Exploração de musicas, danças, pinturas e dobraduras e recortes e colagens;
  • Confecção de livros coletivos e painéis;
  • Leitura de parlendas; contos; adivinhas; trava língua; poemas; rimas;
  • Leitura de histórias e exibição de filme sobre educação ambiental, reciclagem e ação do homem sobre a natureza;
  • Exposição e exploração de cartazes sobre o tempo decomposição do lixo;
  • Leitura e escrita dos numerais de 0 a 10.
  • Manipulação e exploração de objetos e brincadeiras, em situações organizadas de forma a existirem quantidades individuais suficientes para que cada criança possa descobrir as características e propriedades principais e suas possibilidades associativas: empilhar, rolar, transvasar, encaixar, etc.;
  • Reconhecimento de cores e formas;
  • Explorar o ambiente, para que possa se relacionar com outras crianças;
  • Colocar a criança em contato com objetos diversos, para que possa manifestar sua curiosidade e interesse;
  • Produção de vídeos com o passo a passo das produções das crianças nas oficinas de reciclagem.
  • Desenvolvimento progressivo de hábito de higiene pessoal (escovar os dentes, lavar as mãos, tomar banho e lavar o rosto) e social (quanto a jogar o lixo no lixo e preservar o ambiente);
  • Utilização de materiais concretos e lúdicos para o aprimoramento dos cinco sentidos;
  • Manipulação com diferentes objetos e materiais, explorando suas características, propriedades e possibilidades de manuseio e entrando em contato com formas diversas e expressão artística;
  • Elaboração de cartaz com rótulos e embalagem, selecionando-os : alimentos, limpeza e higiene pessoal.

RECURSOS:

  • Giz de cera
  • Tinta guache tesoura cola
  • Lápis de cor
  • Papeis diferenciados
  • Pincel
  • Brinquedos
  • Musica CD
  • Fotos imagens
  • Revista
  • Folhas de árvore
  • Tnt
  • Garrafa pet
  • Cordão de nylon
  • Palito de churrasco
  • Tampinha de garrafa
  • Livros de história
  • Folhas de árvore
  • Retalho de e.v.a
  • Lápis preto, borracha, apontador;
  • Folha de A4
  • Xerox
  • Caixa de papelãoAVALIAÇÃO

Será feita avaliação ao longo do projeto observando o cumprimento de etapas e crescimento individual e da equipe.

CULMINÂNCIA

A culminância do projeto será uma exposição de cartazes com o tempo de decomposição do lixo, cartão de papel reciclado, apresentação de como e feita a reciclagem do papel e a apresentação de uma peca teatral. Também será feita uma exposição de vídeos para a comunidade escolar demonstrando o passo a passo das oficinas de reciclagem.

Projetos para educação infantil – Higiene Bucal

I-Problematização 

Visando a conscientização e a valorização da saúde bucal, começando já na
educação infantil onde se mostra uma maior capacidade de absorção de
informações, são propostas às crianças, neste trabalho, ações educativas e
preventivas para que possam incorporar em seus hábitos de vida, os cuidados
relativos à boca e aos dentes.

II-Justificativa 

Grande número de pessoas desconhece que cuidar dos dentes desde a infância
tem um efeito muito importante, Atitudes e hábitos adquiridos na infância
relativos aos dentes são críticos para uma boa saúde oral e de todo o
organismo no decorrer da vida.

III-Perfil do grupo 
Crianças de cinco anos de idade, participativas e com grande interesse nas
atividades propostas.

IV-Objetivos Conceituais 

– Nomear os dentes;
– Reconhecer a existência de diferentes formas, tamanha e funções dos
dentes;
– Ampliar o vocabulário;
– Ler e interpretar imagens;
– Reconhecer o que faz bem e o que faz mal para os dentes.

Procedimentais 
– Produzir trabalhos de artes;
– Explorar textos a partir do auto conhecimento;
– Coletar dados por meio de pesquisas e observações;
– Produzir textos;
– Desenvolver a capacidade criadora;
– Estimular a criatividade;
– Confeccionar: boca gigante, boca maluca, livro emborrachado, personagens
da história;
– Registrar experiências vividas pelo grupo.

Atitudinais 

  1. – Respeitar e valorizar a saúde bucal;
    – Apreciar e ler vários tipos de textos;
    – Desenvolver o auto conceito;
    – Apresentar atitude de higiene.V-Janelas 
    Linguagem oral e escrita;
    Matemática;
    Artes visuais;
    Música.VI-Etapas 1- Organizar as crianças em roda. Conversar sobre como cada uma cuida da sua boca. Anotar uma pergunta de cada criança que será feita à dentista que virá dar uma palestra.
  2.  Construir a boca gigante, onde iremos pintar, colar a língua e os dentes nos devidos lugares. Fazer o registro
  3.  Levar às crianças até o espelho, pedir que abram a boca e, percebam diferenças e semelhanças. Registrar.
  4.  Montar um cartaz com o que faz bem e o que faz mal para os dentes. Procurar figuras em revistas para colar no cartaz. Expor na sala.
  5. Mostrar para as crianças um molde de uma boca de adulto, dizer os nomes dos dentes e suas funções. Perceber diferenças e semelhanças.
  6. Atividade em folha: Observar o dente do colega e responder às perguntas.
  7. Atividade em folha: Marcar com um x as afirmativas que dizem do que o dente precisa para ficar sadio. Artes: Pintura com escova de dente.

  8. Atividade em folha: Desenhar como os dentes ficarão se não cuidarmos
    deles.
  9. Atividade em folha: Responder às perguntas.
  10. Atividade em folha: Música do dentinho. Ensinar para as crianças, fazer a leitura com as crianças. Circular todas as palavras que rimam e copiá-las.
  11.  Atividade em folha: objetos que usamos para escovar os dentes. Colorir.
  12. Atividade em folha: Procurar palavras que rimam com: BOCA, ALIMENTAÇÃO, SAUDÁVEL.

VII-Avaliação

Ao longo de todo o processo, através das atividades desenvolvidas, das
brincadeiras e conforme o interesse de cada criança.

VIII-Duração

Aproximadamente um bimestre.

Projetos para educação infantil – Musical:

Como Fazer

A seguir, você tem um projeto musical de educação infantil na íntegra que poderá ser aplicado em sala de aula, com objetivos e desenvolvimento.

Objetivos do Projeto:

  • Identificar em determinadas canções elementos para interagir, explorando e estimulando a interação dos alunos, além de trazer conhecimentos da cultura geral do mundo;
  • Através das músicas propostas estimular os sentimentos e sensações e também observar o comportamento das crianças durante os exercícios musicais;
  • Aumentar o repertório musical das crianças;
  • Estimular a expressão corporal com os ritmos e gestos, auxiliando as crianças a aprenderem a se expressar;
  • Trabalhar a memória com as músicas;
  • Observar os movimentos corporais das crianças e auxiliá-las para melhorar as habilidades motoras.
  • Aproveitar a música para desenvolver atividades para melhorar as relações de afeto entre as crianças e as relações sociais.

Conteúdos:

  • Explorar os mais diversos ritmos, sons e a linguagem do corpo;
  • Estimular o conhecimento dos mais variados estilos de música, fazendo comparação entre timbres e ritmos;

Procedimentos:

  • Estimular a memorização das músicas;
  • Apreciar as músicas utilizadas no projeto;
  • Estimular a identificação dos sons que fazem parte do dia a dia das crianças;
  • Estímulo de usar gestos durante o momento de cantar de forma livre;
  • Trabalhar a expressão dos ritmos através de movimentos livres, coordenados e da dança.

É importante durante todo o projeto musical na educação infantil proposto aqui que seja trabalhada a cooperação entre as crianças e principalmente o respeito. O mesmo respeito deve repetir-se em relação ao gosto musical individual.

Por isso, o exercício de livre expressão de músicas e motor deve ser estimulado todas as vezes que as atividades forem aplicadas em sala de aula ou em locais abertos.

Desenvolvimento Do Projetos para educação infantil Musical 

Veja como pode ser desenvolvido esse projeto!

1- Trabalhe com o exercício: roda de conversa

Forme uma roda com os alunos e deixe que eles fazem livremente de forma ordenada o que eles pensam quando o assunto é “som”. Sobre os seus sons preferidos e como seria o mundo sem eles.

O professor também pode propor que eles imitem sons.

2- “Degustar” músicas e diferentes movimentos: exercitar uma vez por semana

A cada semana o professor deverá escolher uma música e levar para ouvir junto com os alunos. Assim como falar com eles sobre o compositor e cantor da mesma.

É melhor que o gênero musical varie a cada semana, como clássica, instrumental, MPB, cantigas de roda, populares, etc. Depois propor que os alunos dancem e criem movimentos para aquela canção escolhida.

3- Trabalhando com os sons feitos pelos animais.

O professor deverá usar um CD que tenha o som  dos animais, assim como vídeos e depois sugerir brincadeiras, como coral dos animais ou senhor caçador, entre outras.

O mesmo trabalho poderá ser repetido com os sons da natureza e a tentativa de reproduzi-los em movimentos.

4- As músicas deverão ser usadas para trabalhar a linguagem corporal.

Para estimular a participação dos alunos, o professor pode pedir que eles levem as canções e experimentar vários ritmos.

Brincadeiras de roda, entre outras, também podem fazer parte da atividade.

5- Trabalhando com instrumentos musicais.

Levar para a sala de aula o som de vários instrumentos musicais e depois propor que os alunos tentem adivinhar de qual deles é cada um dos sons apresentados.

Junto com os alunos construir instrumentos musicais com materiais reciclados e experimentar novos sons.

Como Avaliar Os Resultados Do Projetos para educação infantil -Musical Proposto

A avaliação desse projeto deve ser feita continuamente durante as atividades. Se trata de uma avaliação através da observação por parte do professor, analisando quais as dificuldades ele enfrenta e orientado para mudar o quadro.

 

Ideias de mais Projetos para educação infantil

 

Carregar mais artigos relacionados
carregar mais Professor
  • Projeto natal

    Então é natal o que você fez? O ano termina e nasce outra vez!! Natal chegando e começam a…
Carregar mais Projetos para educação infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *